Poesia Sem Compromisso - Viajar aqui é de graça.....
   
UOL
Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog

 


COMUNICADO

Amigos e amigas.

Estou concentrando os meus textos e poesias no blog Desabafo Amplificado (desabafoamplificado.blogspot.com).

Um novo projeto, com novas idéias em potêncial. Aguardo todos lá!

www.desabafoamplificado.blogspot.com



Escrito por LéO... às 09h52
[] [envie esta mensagem] []




Vulnerável

Estou soando o tempo , assoando o tédio

sedado e parado, esperando o inesperado

sou o rei da preguiça e me orgulho

sou o rei da falta de leitura e acho graça

estou feliz, mas pago.

 

A moral é um sinal

declino fraternal, engasgos vem e vão

olhar de verão, amor de carnaval

serpentina e confeti no seu coração...

 

Preciso de música, de um pouco mais de vida

a porta de saída, solos de guitarra e uma birita.

 

Existe cinto de segurança para insegurança?



Escrito por LéO... às 23h07
[] [envie esta mensagem] []




Quando andar é flutuar.

 

De tempos em tempo a vida renasce em surpresa

seus intensos olhos claros, espírito iluminado

meus braços abertos essa fuga do futuro incerto

certo é o meu sentimento agora, talvez pra sempre

num lugar onde só tenha eu você e as estrelas...

 

Conversas e drinks, livre como um assobio

eu vou cantarolar: papapapapapapa

olhar pra entender, amar pra sentir

assim não tenho mais vontade desistir.

 

Plantei palavras leves como o silêncio em você

colhi um olhar estrelado e eu consigo vê-lo onde ninguém mais consegue

então vou deixar que a música simplesmente nos leve.

 

O amor completa a loucura e vice versa.

Eu vou cantarolar: papapapapapapa.



Escrito por LéO... às 11h18
[] [envie esta mensagem] []




Leve

Pouca luz e vida no meu quarto, apenas um fato.

Tantos segredos avoando por aqui, tudo bem o espaço é grande.

Se você não sabe quem é, muito prazer.

 

Eu queria que sempre fosse verão, pra você me olhar assim

perto do meu olhar, no caminho do coração.

 

No varal da juventude, no fio da navalha

cidadão de um universo único, estado lisérgico

derretido e colorido, como a nossa alma poética sintética.

 

Na medida da dança, você na minha direção

te examino, pés a cabeça  

orelhas enfeitadas com plumas, beijos com gosto de flor.

 

Você dançando e se amando assim. Razão da vida.

Formulei o infinito. E o guardei bem dentro de mim.



Escrito por LéO... às 13h54
[] [envie esta mensagem] []




A de Amor.

É como se uma força, energiza-se o ambiente

é essa sensação, esse frio na barriga, essa entrega

uma ansiedade tão gostosa toma conta de mim,

quando eu sei que vou te encontrar, é estranho, mas é tão bom...  

 

Olhos contra olhos, reencontro. Sinto nossas almas dançarem

copos e o vento brindarem numa só estação. A do amor. A de amor.

 

Ela é ajuda que está diante dos meus olhos e eu não acredito

eu queria viver pra sempre se fosse ao lado dela

mergulhar na carne, ser seu sangue, respira-la

ouvir cada pensamento, ver cada sonho. Por que eles seriam os nossos.

 

A minha vontade é amá-la, mais do que o amor é capaz.



Escrito por LéO... às 16h56
[] [envie esta mensagem] []




Flores para Viagem

Eu tento manter cabeça longe, eu tento alcançar os pássaros

as palavras me fogem agora, preciso seguir o meu caminho

porque eu sou complicado demais pra você entender

não sorria assim, eu posso ceder...De novo.

 

Eu vou caminhar sozinho e cantar, me descobrir mais um pouco

encontrar um lugar, uma miragem, um vinho...

eu respiro fundo e inspiro pra dentro da alma

seria o destino ou coincidência você no meu caminho?

 

É muito mais do que eu procurava. É como não fazer sentido, como não ter razão.

estar contigo é como estar em casa, mas eu preciso ficar só agora,

não tenho hora, nem passagem. Sou apenas eu.

 

A minha bagagem só tem medos e segredos apertados em um coração partido...



Escrito por LéO... às 15h17
[] [envie esta mensagem] []




Vida

Andando só, chutando o vento, visualizo pensamentos

eu preciso tentar de novo, tentar entender o mundo

clichês nem sempre dão certo, eu sempre incerto

lá vamos nós de novo descobrir que tudo muda num segundo...

 

Eu queria vê-la só pra sentir aquele vendaval dentro de mim

como pode a tristeza desaparecer assim?

 

Queria te pedir pra ficar mais um pouco

porque com você aqui o tempo voa

e maior que o tempo é o desejo,

é incrível, sentir como a nossa alma soa.

Igual.

 

Sozinho de novo, espero dias melhores

admiro os raios da manhã, sou uma criança

lúdica, contagiada e poetizada

sonhando acordada...

 

Se você soubesse que move meus sonhos

que ao seu lado é tudo tão simples e cheio de fantasia

é difícil de explicar e de entender, melhor então sentir

é garota, eu acho que posso te chamar de vida.



Escrito por LéO... às 18h50
[] [envie esta mensagem] []




Noites de Verão

É tão difícil mudar, é tão difícil ir embora.

 

Vendo o sorriso da lua, me lembrei do seu

te contar todos os meu segredos escuros é o que eu quero

essa noite eu fui embora, mas meu coração ficou pra te ver sorrir.

 

Imagine se a distância não existisse. Assim você já estaria aqui.

 

Eu já perdi a conta de quantas noites tentei de novo e andei só

mas hoje, minhas mãos intensas tocaram seu rosto e ele era de verdade

agora eu estou tão longe, esperando minuto a minuto o tempo passar...

 

Não sei se estou certou ou errado, apenas quero sentir com os olhos fechados  

horas e beijos, momentos inteiros....

Num mergulho intenso, estamos juntos de novo.

 

A vida pode ser simples e intensa, como amar.



Escrito por LéO... às 15h26
[] [envie esta mensagem] []




Lições de Primavera

Eu tenho um lugar pra ir quando estou triste

um esconderijo , um aconchego.

Não há ninguém aqui, talvez o vento e alguns pássaros

espero a lua, solitária como eu nesse momento.

 

Aquela árvore ainda tem os nossos nomes

por minutos voltei no tempo, menino a sonhar

conhecedor do novo mundo, sem saber esperar.

 

Hoje eu vi o nascer de um sentir

o mundo parou, eu sou agora o que eu fui um dia

estamos na primavera, lagrimas e flores a cair...

 

O vento invade meus pensamentos com a mais pura brisa

você lembra como a gente ria vendo o tempo passar?

hoje aprendi com a primavera a voltar sempre inteiro

ainda sou pequeno...

 

A saudade é maior prova que fomos felizes

hoje eu aprendi com a primavera a voar

é como encarar o passado olho no olho.

Está tudo bem, estou em casa de novo...



Escrito por LéO... às 14h02
[] [envie esta mensagem] []




(Pro)criar

Não me importo, estou velho, mas sou eu mesmo ainda

as pessoas simplesmente não existem, elas enojam

pedaços da devastação, adoramos nos esconder

adoramos fingir e ceder.

 

Estaria eu na sua lista negra?

 

Ovelha negra,

eu queria saber novamente,

quem ensinou você a espetar meu coração?

 

As linhas sem sentido, um estranho no ninho

nada pode mudar agora, chove...

 

Sou uma explosão, sou o resto, a razão contrária

como algo repetitivo, chato e contagiante

vou chegar lá, roqueiro descrente elevado.

 

Os homens têm direito de queimar todos os anjos.

Esconda as suas lagrimas.



Escrito por LéO... às 12h17
[] [envie esta mensagem] []




O Céu

 

Eu sou o céu essa noite e estou tão nostálgico

queria te encontrar, te ver um pouco

quem sabe um café, quem sabe...

 

Pensamento longe, voa ao encontro teu

fortes são minhas asas, fraco sou eu

hoje não sei mais o que é meu

mas eu vou vasculhar, pra encontrar

te encontrar...

 

Eu sou o céu essa noite só para te observar

o céu que não pode tocar, só chorar

de que adianta a imensidão se ela for feita de solidão?

 

Longe, longe, longe...

 

Pensamento longe, voa com o vento

até o presente momento sou eu mesmo

um segundo, uma leitura depois

não sou o mesmo....



Escrito por LéO... às 16h21
[] [envie esta mensagem] []




Tourette's

 

Preciso de minutos ou dias para pensar

vivo para esquecer há tempos

estação sábia e incerta, eu diria

eu preciso de um olhar nostálgico

eu preciso ser mais do que eu posso

soletro desejos no ouvido dela

semeio o prazer, imenso prazer

a desaguar na incerteza da dúvida.

 

Nós temos um vinculo, escondido atrás da fumaça

trague isso agora, você consegue ver

eu estou na sua mente, eu sou a sua mente

algo está queimando aqui envolta de mim...

 

Solidão, escuto latidos frenéticos: instinto animal

é você também tem um, é prazeroso agir assim

mergulhe no supérfluo, e boa sorte.

 

Vou gritar até estourar os pulmões.



Escrito por LéO... às 00h05
[] [envie esta mensagem] []




Controvérsia

Essa noite nós podemos ser tudo o que queremos

a solidão me acostumou mal, mas dela eu gosto

convivo com loucuras e paranóias, tudo bem?

 

Sombreado na parede, esquecido, poeta e sem sentido

sou eu mesmo falando agora:

velho, preguiçoso e rabugento,

queria ter algo a mais, pra sentir, pra contar

não faço idéia da onde vamos agora e você?

 

Espaço aberto, teus traços de luta e fineza

o contraste colorido desse seu frenesi,

bomba direto pra mim.

 

Aperta bem forte a minha mão, saia de órbita comigo

olhar o céu é confortante, era isso que eu precisava

somos nós mesmo aqui? Acabo de achar o bilhete premiado do destino.

 

Obrigado, estou a vontade, além de onde eu queria estar.

 



Escrito por LéO... às 18h30
[] [envie esta mensagem] []




Tempo

 

Assim como o vento, invisível é o tempo

que deixa marcas, muda fisionomias

questiona o homem da sua própria sabedoria

quem controla o tempo, faz o momento

ou seria o contrário?

 

Mudou o tempo e poesia não me emocionava

trilhando descobri a vida

pra quem espera um sentido, olhe as estações

envolta do meu ser estão presentes as mais sensíveis sensações.

 

As palavras são confortantes pra você também?

 

Fechei os olhos, o som da liberdade

não aquela travestida, mas aquela que inspira

enxergar assim é divertido,

tudo é colorido e mágico como deveria ser.



Escrito por LéO... às 14h02
[] [envie esta mensagem] []




Imaginação

 

 

Acordei com a cara empalhada e a cabeça embaralhada

distante, sou melhor amigo da imaginação,

você sabe que eu sofro em silêncio?

 

Por alguns segundos não tenho medo,

eis seu samba e enredo,

esculpido e lapidado, simples assim...

 

Inalando flores em você,

somos arte, somos música

refletor da alma, única

te sonho, te desejo

beijo...

 

A faculdade do meu espírito me leva direto a um mundo fantástico

estático, procuro a inspiração infinita,  por isso não pisco

apenas sigo seu singelo sorriso,

momentos bons são esses, esqueço o resto, o falso progresso

direciono e canalizo o meu caminho...

 

Uma palavra sozinha,vira poesia

no coração da imaginação

na terra do tudo pode, o povo sacode

e o mundo descobre que ir além

faz bem...



Escrito por LéO... às 10h13
[] [envie esta mensagem] []


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]